SlideShowEPAL


Logo Epal - Link Homepage
Seta MenuEmpresa Seta MenuQualidade da Água Seta MenuClientes Seta MenuSuspensões no Abastecimento Seta MenuFornecedores Seta MenuNovos Abastecimentos Seta MenuWONE Seta MenuAcademia das Águas Livres Seta MenuArquivo Histórico Seta MenuResponsabilidade Empresarial Seta MenuAquamatrix Seta MenuBiodiversidade Seta MenuPublicações Seta MenuIniciativas Seta MenuContactos
Certificação APCER ISO 9001 Certificação APCER ISO 14001 Certificação IQnet Global Compact Gestão Transparente Adapta Clima
____________
EPAL no facebook
Siga-nos!
Iniciativas Pixel
Início > Iniciativas > Eventos


canto superior esquerdo canto superior direito
Eventos



canto inferior esquerdo da tabela canto inferior direito da tabela


18-07-2011
O presidente do Conselho de Administração da EPAL – Empresa Portuguesa das Águas Livres, S.A., João Fidalgo assinou, no passado mês de Junho, em Lisboa, com Paul Reiter, Director Executivo da International Water Association – IWA, o Protocolo Executivo para a realização do 9.º Congresso e Exposição Mundial da Água que terá lugar em Setembro de 2014, na capital portuguesa.

Paul Reiter afirmou na ocasião que «Mesmo na Europa, os problemas de falta de água são uma realidade. Por isso temos de pensar em formas diferentes de fazer as coisas, em novas soluções que passam não só pela tecnologia mas também pela gestão dos sistemas.

Portugal é um grande exemplo no sector da água, aliás, quando falo de Portugal refiro-me sempre ao "milagre" de Portugal. Isto tendo em conta as taxas de cobertura que conseguiram atingir e à rapidez da infra-estruturação no abastecimento de água, e saneamento de águas residuais, mas também aos sistemas de tratamento instalados, qualidade e know how das empresas do sector, etc. Portugal tem uma história especial neste domínio.»

Por sua vez, João Fidalgo salientou na mesma cerimónia: «Queremos mostrar o nosso modelo de gestão da água e saneamento de águas residuais e, ao mesmo tempo, funcionar como uma placa giratória para os países de África, Brasil e América Latina, facultando-lhes know how em termos de tecnologias e modelos de gestão destes sectores.»

A realização deste evento mundial em Portugal reúne também o apoio da Comissão Nacional da Associação Internacional da Água – CNAIA e da comunidade técnica, científica e académica nacional do sector da água.

Lisboa será assim palco, em 2014, do mais prestigiado evento mundial sobre a área da água, que atrairá a Lisboa cerca de 3000 participantes de entre os mais destacados profissionais e investigadores internacionais do sector.
Topo

07-09-2009
Lisboa é a cidade escolhida para organizar o 9.º Congresso Mundial da International Water Association (IWA), em 2014.

A EPAL – Empresa Portuguesa das Águas Livres, SA., em associação com a CNAIA – Comissão Nacional da Associação Internacional da Água, apresentou no passado mês de Julho, a candidatura de Lisboa a cidade anfitriã do 9º Congresso Mundial da IWA.

A IWA é a associação de profissionais e investigadores do sector da água com maior prestígio internacional. Realiza o seu congresso mundial de dois em dois anos, tendo o último decorrido em Viena, na Áustria, em Setembro de 2008, onde foi votado, em assembleia-geral, que o encontro de 2014 seria realizado na Europa. Em 2010 terá lugar em Montreal, Canadá, e em 2012, em Busan, Coreia.

A proposta portuguesa reuniu o apoio da comunidade técnica, científica e académica nacional, bem como do sector da água e das principais associações profissionais ligadas à actividade. Contou também com o envolvimento de diversas organizações não governamentais (ONG’s) e com o insubstituível apoio do Presidente da Câmara Municipal de Lisboa e do Governo Português, através do MAOTDR.

A candidatura de Lisboa, com o tema “Finding Solutions to Assure the Future”, Encontrar Soluções para Assegurar o Futuro, foi eleita no passado dia 5 de Setembro, em Haia, entre as propostas de Istambul (Turquia), Bruxelas (Bélgica), Dublin (Irlanda) e Geneve (Suíça).

Os pontos fortes da proposta apresentada pela EPAL foram a qualidade da organização e das infra-estruturas oferecidas, a capacidade de mobilização nacional demonstrada e a relação privilegiada de Portugal com os países Ibero-Americanos e Africanos.

Lisboa será assim palco, em 2014, do mais prestigiado evento do sector da água, estimando receber cerca de 3000 participantes, oriundos de todo o mundo, representando a oportunidade perfeita para debater e Encontrar Soluções para Assegurar o Futuro.
Topo