Conteudo Principal
COVID 19
Comunicados à Imprensa

Comunicados divulgados pela EPAL à imprensa

A EPAL apresenta sessão sobre o Projeto Centrais fotovoltaicas - Telheiras e Parque das Nações, com a presença do ministro do Ambiente e da Ação Climática

abr 27, 2021

Terá lugar no dia 28 de abril, pelas 15h00, no Laboratório Central da EPAL, Parque das Nações, uma sessão de apresentação pública do Projeto Centrais fotovoltaicas - Telheiras e Parque das Nações.

Considerando a pandemia e o cumprimento das regras preconizadas pela DGS, a sessão será presencial para um número restrito de pessoas, mas será transmitida em streaming.

Depois da última apresentação sobre a reabilitação e ampliação do Sistema de Alenquer IV e sobre a construção de uma central Hidroelétrica na ETA da Asseiceira, a EPAL apresenta mais um passo no seu caminho e no seu compromisso com a neutralidade energética e a mitigação dos efeitos das alterações climáticas, com a presença do ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes.

Desta vez, e na continuação do EPAL 0%, terá lugar a apresentação do Projeto Centrais Fotovoltaicas - Estação Elevatória de Telheiras (0.5 MW) e Parque das Nações (0.65 MW) (1.2 milhões de euros). 

As primeiras centrais fotovoltaicas no recinto do Parque das Nações, incluem um parque de estacionamento com coberturas fotovoltaicas,  onde se localizam os carregadores elétricos para a frota elétrica da EPAL num total de 650 kW, investimento financiado pelo POSEUR.

Este parque terá painéis fotovoltaicos como cobertura dos telheiros. São cerca de 650 kW, num investimento de 744.000 euros.

A energia renovável produzida será utilizada no carregamento de viaturas elétricas e para suprir as necessidades energéticas do complexo EPAL no Parque das Nações.

Está em fase de preparação um novo concurso para instalar mais 500 kW no Parque das Nações, num investimento de 700.000 euros, que tem como objetivo fornecer energia renovável à Estação Elevatória dos Olivais.

Também a Estação Elevatória de Telheiras terá uma central fotovoltaica de 500 kW, preconizando-se a médio prazo, a ampliação de 1 MW. Um dos Reservatórios será coberto, instalando, para já, cerca de 500 kW, com um investimento de 463.000 euros. Posteriormente, tudo ficará preparado para um segundo investimento de mais 500 kW, na segunda célula, após alterações no modelo de exploração para a nova realidade fotovoltaica.

 

Ainda sobre centrais fotovoltaicas, a próxima etapa, durante o 1.º semestre de 2021, será o lançamento dos seguintes investimentos:

Central fotovoltaica da ETA de Vale da Pedra 650 kW

Central fotovoltaica da Captação de Valada Tejo 850 kW

Central fotovoltaica da Captação da Estação Elevatória de Amadora 1.5 MW

Central fotovoltaica da Estação Elevatória de Vila Franca de Xira 2 MW

Central fotovoltaica da ETA de Asseiceira 1 MW

O Programa de neutralidade está assim em curso, reforçando a sustentabilidade da EPAL nas suas operações. 

 Hoje e, naturalmente, no futuro a sustentabilidade da gestão energética, economia circular, aumento da resiliência, adaptação às alterações climáticas e a inovação, assumem cada vez maior relevância no “core” da atividade da empresa com vantagens inegáveis a nível ambiental, económico e social, que passam também pelo reconhecimento do setor português por outros países o que poderá vir a ser um fator competitivo no sector da água e de exportação do nosso conhecimento e tecnologia.

Este é um dos projetos integrado no Programa de Neutralidade Energética ZERO do Grupo AdP, que assenta numa estratégia continuada de redução de consumos e de aumento da produção própria de energia 100% renovável visando a neutralidade energética em todas as suas atividades nacionais e internacionais a nível mundial no prazo de 10 anos.


Link para streaming https://youtu.be/u1JfHm-kbqo



Subscreva a Newsletter "Água na Rede"

Tem de escolher a Newsletter que pretende subscrever
Clique aqui para mais EPAL
Clique aqui para esconder MENU