Conteudo Principal
ECO EPAL
Garrafa Siza Lisbon Soul by EPAL

 

Garrafa Siza – Lisbon Soul – Um convite ao consumo de água da torneira 

  

A EPAL acaba de lançar a Garrafa Siza - Lisbon Soul. Uma garrafa com assinatura de Álvaro Siza Vieira e mais uma criação da EPAL que pretende afirmar a excelência da água da torneira da cidade de Lisboa através de uma peça de design absolutamente exclusiva.



Fruto de uma parceria entre a EPAL – Empresa Portuguesa das Águas Livres, S.A. e a AHP – Associação da Hotelaria de Portugal, a Garrafa Siza destina-se à divulgação junto do Turismo da cidade de Lisboa, hoje um dos destinos mais apetecíveis e onde a água da rede pública alcança níveis de qualidade exemplares, cumprindo as mais exigentes normas de qualidade nacionais e internacionais.

G. siza


 Por seu turno, a AHP em prol do trabalho contínuo no âmbito da promoção da sustentabilidade no Turismo e na Hotelaria identifica nesta parceria um importante contributo para o desenvolvimento sustentável do destino turístico Lisboa. O que ainda faz mais sentido em 2017, por este ser o Ano Internacional do Turismo Sustentável.


Siza
A garrafa de assinatura Siza pretende afirmar a excelência da água da torneira da cidade de Lisboa através de uma peça de design absolutamente exclusiva, concebida pelo prestigiado arquiteto português Álvaro Siza Vieira. Produzida em vidro por uma vidreira de referência nacional, o Depósito da Marinha Grande, tem cerca de 920 gramas de peso, 22 centímetros de altura e 0,65 litros de capacidade, a garrafa representa uma opção de prestígio e de sustentabilidade e está acondicionada numa embalagem em madeira, feita também no nosso País (valorizando as matérias-primas e os produtos portugueses), assinada pelo mesmo autor. 


Esta peça caracteriza-se por contornos geométricos distintos, inspirados no património arquitetónico único da capital, com enfoque num dos seus monumentos mais emblemáticos – O Castelo de São Jorge -  posicionando-a como uma peça icónica, sob uma narrativa cativante enraizada na lenda da edificação da cidade a qual reza que havia no extremo ocidental da Europa, um lugar chamado Ofiusa – a Terra das Serpentes-  governado por uma Rainha, meio mulher, meio cobra, escoltada por um exército de serpentes que envenenava quem ousasse disputar-lhe o trono.
Um dia, na foz do Tejo, surgiu a armada de Ulisses. Vencida a guerra de Tróia, o herói grego errava pelos mares em busca de novos mundos e proezas.
Ao descobrir aquela enseada abençoada pela luz, quis ali fundar a mais bela cidade do mundo e chamou-lhe Ulisseia. 
A construção avançava durante o dia mas, ao cair da noite, os silvos das serpentes prenunciavam um terrível amanhecer: um a um, os soldados de Ulisses tombavam envenenados.
Desesperado, o herói subiu à mais alta colina da cidade e gritou ao inimigo que se mostrasse.
A mulher-serpente surgiu então, de trás de um rochedo, e ordenou-lhe que partisse. Em vão. Maior do que o temor foi a beleza da Rainha; mais forte do que a ordem, a admiração pela bravura do estrangeiro. Ulisseia nasceu.
Durante dias e noites, construíram-se casas, palácios, fontes, ruas e jardins.
Um dia, Ulisses partiu de novo. Furiosa, a Rainha percorreu a cidade até ao rio, desenhando com o corpo de serpente, sulcos de sete colinas. Mas o herói partira deixando apenas o nome, depois chamado Olisipo pelos Romanos, Lissabona pelos Árabes, Lisboa pelo tempo. 

A Torre de Ulisses permanece de sentinela no Castelo de São Jorge, lá, onde hoje os visitantes buscam o horizonte do herói desaparecido.

A Garrafa Siza evoca, em linhas singulares, o património e a lenda. Mais do que uma forma bonita de beber a melhor água de Lisboa, esta peça de design é uma nova viagem. Inesquecível.

 

Com o lançamento da Garrafa Siza – Lisbon Soul, a EPAL pretende promover a excelência da qualidade da água da torneira da cidade de Lisboa, incentivando, assim, o consumo deste bem essencial à vida. 

 A Garrafa Siza – Lisbon Soul by EPAL pode ser adquirida nos Hotéis aderentes associados à AHP (a divulgar brevemente) no Museu da Água da EPAL, na Rua do Alviela, 12, ou na Mãe d'Água das Amoreiras, na Praça das Amoreiras, 10, em Lisboa, pelo valor de 50,00 euros (cinquenta euros).

VIDEO AQUI

Subscreva a Newsletter "Água na Rede"

Tem de escolher a Newsletter que pretende subscrever
Clique aqui para mais EPAL
Clique aqui para esconder MENU